Vem aí a 3ª edição do SONS DA RUA: o evento urbano de maior destaque no cenário do Hip Hop

Se você é ligado no universo Hip Hop, o Sons da Rua é o seu lugar! Enriquecimento cultural, promoção de cidadania, batalha de rima e shows são as apostas da terceira edição do festival. O evento promovido pela InHaus Entretenimento, acontece na Arena Corinthians, dia 3 de novembro.

Nesse ano, os destaques são: Emicida, Mano Brown, Rincon Sapiência, DJonga e Alt Niss. O rapper, compositor, produtor e apresentador Thaíde,  embaixador do festival, será o mestre de cerimônia dessa edição do Sons da Rua.

Os ingressos já estão à venda, através do site:  bit.ly/SonsDaRua.

O projeto é realizado com o apoio do PROAC.

Serviço – “Sons da Rua 2018

SAIBA MAIS – www.sonsdarua.com.br

Programação:

:: EMICIDA
:: MANO BROWN
:: RINCON SAPIÊNCIA
:: DJONGA
:: ALT NISS
+ ATRAÇÕES  (programação completa no site do evento)

Horário: Das 12h às 23h
Local: Estacionamento Leste – Arena Corinthians
Abertura do local: 12h
Endereço: Av. Miguel Ignácio Curi, 111 – Artur Alvim, São Paulo – SP, 08220-000
Público Estimado: 15.000 pessoas
Ingresso: PISTA R$50 (inteira) e R$25 (meia-entrada/solidário) / FRONT STAGE R$80 (inteira) e R$40 (meia-entrada/solidário)
Site para venda de ingressos: bit.ly/SonsDaRua
Telefone para informações: (11) 94575-3802
Classificação etária: 16 anos

Acesso para pessoas portadores de necessidades especiais e cadeirantes.

Confira como foi a edição do ano passado:

Hey Boy, para de pedir Racionais no show do Brown

O Rap Em Movimento encostou no festival Lollapalooza sábadão (24), e óbvio que foi acompanhar o show do soulman Mano Brown. Dos melhores que já vi na vida, mas é uma pena ver que muita gente não se preocupou em enxergar a beleza do momento, por achar que o Brown se baseia apenas em Racionais e vice-versa.

Foi uma satisfação imensa colar em um show de estilo musical que até então eu nunca tinha presenciado ao vivo, e o Mano Brown faz questão que sua apresentação tenha toda essa temática da música funk e soul. Ficou claro desde o início que aquilo não era um show de rap do Racionais MC’s, (se fosse, maravilha também, mas não era), e fica chato pra caralho ficar ouvindo gritos das pessoas pedindo Vida Loka sem que o artista termine de cantar a segunda música.

É chato ver que ainda tem gente que quer basear a carreira de um dos maiores artistas do Brasil, com tanta relevância até mesmo fora do âmbito musical, apenas a um momento da sua carreira, e achar que ele só tem algo a dizer se lançar no palco os sons que não são da sua carreira solo. Vi gente saindo do show quando perceberam que ele não ia cantar Racionais, feio. E o engraçado é que ele cantou “Eu te Proponho”, que é do disco Cores e Valores, do grupo Racionais, mas parece que sequer perceberam esse detalhe, da mesma forma que não repararam que ele falou para respeitar a mulher brasileira nesse momento de transição.

O show foi foda, momento único, vou guardar pra sempre na memória. Mas fico na torcida para que o público saiba dar mais valor as mensagens que os artistas têm para passar, independente do momento que eles passam em sua carreira, o Mano Brown por exemplo, não ficou menos perigoso por estar cantando funk e soul, será que é tão difícil assim ir no seu show e não ouvir Vida Loka?

SP RAP

No dia 30 de novembro o cento de São Paulo foi invadido, foi tomado e foi infectado por um vírus. O vírus do RAP!

A primeira edição do SP RAP (espero que seja a primeira de muitas) foi realizada na Praça das Artes. O evento foi realizado pela Bola Fria Produções e com certeza marcou história no rap nacional. O encontro reuniu várias gerações do rap como, Thaide, Flora Matos, Karol Conka, Dj Pathy de Jesus, Dj Kl Jay , RZO , entre outras atrações. Segundo matéria na Folha de São Paulo o evento reuniu 15 mil pessoas. O SP Rap reuniu b-boys, grafite , mcs e djs.

O evento foi em comemoração ao mês da consciência negra. Em um ano muito favorável ao rap nacional o SP RAP foi o evento que faltava para encerrar o ano.

Particularmente um dos momentos mais emocionantes foi ver RZO de volta aos palcos após 10 anos. O grupo cantou sucessos como, paz interior e filme triste. Os Dj’s Cia, Kl jay e Pathy de Jesus arrebentaram e conduziram essa festa nos intervalos entre os shows de maneira espetacular.

Todos que estavam na praça das artes foram contaminados por terem respirado o ar mais puro do RAP Nacional. Essa iniciativa foi muito importante para fortalecer o cenário. Sinto falta de festivais de Rap em São Paulo. Existem muitos shows, mas reunir todos em um evento só era o que estava faltando.

Como diz na música do Gog

“É o terror é o terror. Rap nacional é o terror que chegou”

Se você não foi no evento veja o que perdeu:
LINE-UP

♦ Mestre de cerimônia: Max B.O.
♦ Projeto Hip Hop Kidz Br
♦ Grafite do Grupo OPNI
♦ Batalha de rimas
♦ As Minas do RAP: MC Gra, Odisseia das Flores, Sharylaine, Shirley Casa Verde, Hannah Lima e Ouro Natto Mc
♦ DJ CIA
♦ Os Manos do RAP: RDG – Rapa Da Godoy, Negredo, Sintonia Lado Sul, Negreta, Thaide, Terra Preta e Dbs Gordaochefe
♦ Rincon Sapiência
♦ DJ KL Jay
♦ Flora Matos
♦ Mano Brown Racionais
♦ DJ Pathy De Jesus
♦ Projetonave e convidados: BNegão, Kamau, Rashid, Xis, Lurdez da Luz,Karol Conka e Flávio Renegado

Procd Brasil Produções - SP Rap Flora Matos
Foto do Facebook Oficial – Procd Brasil Produções

Procd Brasil Produções - SP Rap Flora Matos II
Foto do Facebook Oficial – Procd Brasil Produções

Procd Brasil Produções - SP Rap Kl Jay
Foto do Facebook Oficial – Procd Brasil Produções

Procd Brasil Produções - SP Rap Mano Brown
Foto do Facebook Oficial – Procd Brasil Produções

Mais fotos no facebook Oficial – https://www.facebook.com/ProcdBrasil

Facebook Oficial do Evento – https://www.facebook.com/SPRAPoficial

Continue Lendo “SP RAP”